controle de vendas

LGPD e controle de vendas, entenda a relação

O time de vendas busca constantemente estratégias para otimizar os processos do setor, desde a aquisição do Lead (cliente) até o controle dessas vendas.

Nesse contexto, é preciso tomar cuidado com questões legais, para que essas ações respeitem as normas, de forma que os dados dos clientes sejam utilizados com bom senso.

Hoje, os negócios se deparam com a LGPD, uma lei que trouxe impactos nas vendas de diversas empresas, dos mais diversos setores econômicos. 

Inclusive, muitos modelos de negócio precisaram se adaptar rapidamente para dar conta dos requisitos de cuidados dos dados pessoais dos clientes.

Afinal, ninguém quer ser multado e até mesmo ter o seu negócio fechado por irregularidades, não é mesmo?

No texto de hoje, trouxemos para você alguns aspectos da LGPD e sua relação com o controle de vendas.

Continue a leitura e fique por dentro do tema! 

 

O que é a LGPD

A LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados – (13.709/2018) tem como principal objetivo proteger a privacidade e o desenvolvimento da pessoa natural, criando uma segurança jurídica para os dados pessoais.

Através da LGPD as empresas se tornam obrigadas a organizar e sistematizar o uso de dados pessoais dos cidadãos brasileiros nos sistemas online, que até então não tinha uma padronização.

Antes da LGPD, as informações dos clientes e usuários não tinham qualquer controle ou garantia legal.

Agora, as pessoas agora têm um melhor controle sobre os dados utilizados por entes privados e públicos. 

De acordo com a lei, os dados precisam ser obtidos e manipulados com a autorização do titular ou de um responsável legal. 

 

LGPD no setor de vendas

Na LGPD é descrito que “a coleta de dados deve ocorrer de forma restritiva, cuidando para que o tratamento dos dados esteja restrito à finalidade pretendida”.  

Além disso, encontramos o seguinte trecho: “realização do tratamento para propósitos legítimos, específicos, explícitos e informados ao titular, sem possibilidade de tratamento posterior de forma incompatível com essas finalidades”.

Nessa realidade, sempre que uma empresa levantar informações de uma pessoa, a sua finalidade deve ser explícita e esclarecida sobre o uso.

A LGPD determina que dados pessoais que identificam uma pessoa como nome, número de telefone, idade, e-mail corporativo e outros materiais só podem ser utilizados mediante a autorização do proprietário.

Nessa realidade, quando falamos em vendas, dados pessoais é um dos objetos protagonistas dos métodos utilizados hoje em dia.

Mas e aí, como fica o controle de vendas diante da LGPD?

Vamos conhecer agora os impactos da LGPD de todo o processo de vendas, desde a aquisição do cliente até o controle:

 

Impactos da LGPD em Inbound Sales

No Inbound Sales (processo de vendas interno como por exemplo marketing em redes sociais) os vendedores abordam Leads (clientes) qualificados, provenientes do Inbound Marketing.

Nessa estratégia, é possível conhecer o nível de interesse do prospect e se ele possui maior perfil e propensão para comprar. 

Quando os vendedores tentam forçar uma estratégia comercial para contatos que não estão preparados para comprar isso pode se tornar uma prática considerada invasiva, totalmente fora da lógica LGPD.

Nesse cenário, é fundamental uma boa estratégia de Inbound Sales para que sejam aplicadas práticas focadas na atração espontânea do consumidor, para uma relação que seja de interesse de ambas as partes. 

Quando são tomados os cuidados necessários, as práticas de Inbound Marketing e Inbound Sales são aliadas em estratégias que estejam em conformidade com a LGPD.

Além disso, outro ponto de atenção com relação a LGPD é que a equipe de vendas precisa possuir uma base legal para realizar uma abordagem comercial de um Lead (cliente).

Tomando os cuidados necessários, a sua estratégia de prospecção utilizando Inbound Sales pode sim dar certo utilizando as bases legais como Consentimento ou Legítimo interesse.

 

Impactos da LGPD em Outbound Sales

Se o Inbound Sales já exigia cuidado, a prospecção ativa e Outbound (processo de vendas externo, exemplo ligar para um possível cliente sem sua permissão) precisarão ter ainda mais atenção no momento da adequação à lei.

Nessa estratégia, é comum que as empresas comprem listas de contatos de empresas conhecidas como “data brokers”.

Essas empresas compram e vendem informação de consumidores na internet que são obtidas com a combinam dados obtidos online e off-line para atingirem os consumidores online.

O problema é que a aquisição dessas listas de contatos são totalmente incompatíveis com a LGPD.

Essa prática não obedece ao princípio da finalidade específica do tratamento de dados nem à necessidade do consentimento livre.

Desse modo, é fundamental se atentar ao tipo de fornecedor que você utiliza.

Então, trabalhe apenas com fornecedores que garantam legalmente que as suas listas contêm contatos que tenham optado por comunicações de marketing. 

Se você comprar uma lista sem a permissão correta, tanto o seu fornecedor quanto você poderá ser responsabilizado.

A adequação de bases legais para práticas de Outbound é mais complexa tendo em vista que ainda não existe hipótese na lei que autorize a comercialização de dados pessoais, sem o conhecimento do titular.

 

Impactos da LGPD no controle de vendas

O controle de Vendas lida diretamente com as atividades de coleta e armazenamento de dados do cliente.

Afinal, essas valiosas informações são utilizadas para planejar ações futuras, em especial, para a tomada de decisões baseadas no histórico de negociações.

Além disso, essas informações servem para fidelizar os clientes em seu controle de vendas. 

Nessa realidade, a nova Lei Geral de Proteção de Dados trouxe impactos na gestão desses dados que são coletados e armazenados no controle de vendas.

Por isso, é fundamental que as equipes de Marketing e Vendas trabalhem suas estratégias solicitando sempre o consentimento do titular do dado.

Não somente, também é válido deixar claro que existe a possibilidade de que a informação sofrer revogação a qualquer momento.

 

Impactos positivos da LGPD em Vendas

O LGPD oferece efeitos positivos para o setor de vendas, proporcionando assim, uma maior transparência entre consumidor e empresa.

Não somente, a empresa pode se beneficiar com o aumento da organização e otimização dos dados coletados.

Consequentemente, isso pode gerar uma maior conversão de vendas, tendo em vista que, com adequações à LGPD o time de Vendas receberá apenas contatos qualificados.

 

Conte com a SMB Store para o controle de vendas do seu negócio!

Tenha uma maior produtividade e aumente as oportunidades de venda com o cadastro de clientes de forma segura com a solução da SMB Store!

Através da plataforma você pode controlar suas vendas, lucros, estoque, financeiro, despesas e a base de dados de clientes de uma forma simples e descomplicada.

Os nossos sistemas de gestão servem para pequenos empreendedores, informais e autônomos que desejam praticidade nas operações.  

Conheça os sistemas de gestão e vendas da SMB Store clicando aqui!