Cadastro de clientes: saiba a importância desse recurso

O cadastro de clientes tem tudo a ver com a criação e aproveitamento de oportunidades de negócios. Em outras palavras, esses cadastros estão diretamente ligados às suas vendas.

Essa prática é antiga, mas até as mais modernas empresas ainda adotam ela. O motivo por trás disso é bem simples: ela dá certo!

Mas o cadastro de nada vai adiantar se for para ocupar espaço entre outras centenas de documentos. Para surtir efeito, os dados dos clientes devem ser utilizados com um instrumento de gestão fundamental. 

Se você está interessado em implementar essa estratégia de negócio, então é chegada a hora de aprender mais sobre ela. Para isso, fique ligado nos tópicos abaixo e acompanhe a leitura do artigo!

 

O que é e como funciona o cadastro de clientes?

O cadastro de clientes é o registro que a sua empresa obtém após um processo de coleta de dados dos consumidores. Esse registro contém as informações importantes sobre aquele que alimenta o seu negócio através da compra, indicações e outros.

As informações do cliente, seja ele pessoa física ou jurídica, devem ser usadas de forma constante mas nunca avulsa, isto é, ao utilizá-las procure fazer isso com estratégia e inteligência para que elas sejam realmente úteis na hora do seu contato. A única forma do cadastro ser utilizado como ferramenta de gestão é se ele for tratado da forma certa.

Isso já pode começar no momento da coleta. De acordo com o segmento do seu negócio, o contexto do seu trabalho, com o perfil dos seus clientes e a forma que você oferece o seu produto ou serviço, o cadastro pode ser extenso ou básico. 

No cadastro extenso e completo você consegue informações como o nome completo do cliente ou sua razão social, CPF ou CNPJ, data de aniversário ou fundação da empresa, endereço, bem como formas de contato, profissão e formas de pagamentos preferenciais.

Se no contexto da sua empresa a solicitação de todas essas informações não for adequada, você pode solicitar o cadastro básico que também é eficaz. Nele você deve ter acesso ao nome completo do cliente, o telefone e whatsapp, o e-mail e a data de aniversário.

O cadastro de clientes funciona com a obtenção desses dados e a utilização deles para contato, conversão e fidelização.

 

Por que fazer o cadastro de clientes?

Parte do motivo de se fazer o cadastro de clientes está em sua própria função. Ter esse recurso como uma ferramenta de gestão é importante para direcionar melhor as estratégias e ações com base nos dados dos clientes.

Além disso, o cadastro de clientes, quando devidamente atualizado, é significativo para a sustentabilidade da sua empresa e geração de melhores resultados. Por exemplo, muitas vezes os clientes precisam de informações e soluções, mas não sabem como encontrá-las. Através do fácil acesso ao cadastro desse comprador, você pode enviar e-mails, por exemplo, para informar sobre o lançamento de novos produtos e tirar dúvidas.

Para além dessas situações mais focais, é interessante sempre realizar o cadastro dos clientes para futuras análises. A partir dos gostos e dos hábitos de compra desses clientes, você pode analisar a resposta do público frente aos seus produtos.

Com isso, o lançamento das diversas formas de contato se tornam mais focadas nos compradores mais propensos a adquirir o que você oferece.

Em outras palavras, a sua empresa deve investir no cadastro de clientes para manter e fortalecer o vínculo com o cliente, analisar e agir sobre o perfil dos consumidores e para entender melhor o seu público (projeção de funil de vendas).

No final das contas, ao direcionar o seu produto você consegue economizar em marketing por conta da avaliação dos indicadores levantados pelo cadastro. Isso significa vendas de qualidades e menos gasto de recursos para isso.

E na prática, você já sabe como o cadastro de clientes pode ajudar o seu negócio? Então confira a seguir!

 

3 práticas que comprovam a importância de realizar o cadastro de clientes

Abaixo, você vai descobrir algumas práticas que mostram como realizar o cadastro faz toda a diferença. Veja só:

 

Usar os dados principais como contato para atrair os clientes

Geralmente se pede o nome completo, o telefone, o e-mail, o whatsapp, o endereço e a data de aniversário. Todos esses elementos já dão a sua empresa a carga necessária para você fazer um contato personalizado. 

Esse atendimento personalizado dá uma sensação de afinidade e é bastante atraente para os clientes. Você pode estender essa prática até para a pós-venda para que o consumidor continue a voltar. Além de ser bom para o relacionamento empresa/cliente, esse contato abre as oportunidades de vendas que sua empresa precisa, o que nos leva para a segunda prática.

 

Avisar os clientes sobre a chegada de novos produtos

Os clientes que não têm acesso constante com a sua loja e os seus produtos não podem ficar sem saber das novidades da sua empresa. Por isso, através dos dados do cadastro você pode mantê-los informados sobre tudo que precisar. 

Essa ação é importante para acelerar a jornada de compras pois, ao invés de esperar que o cliente pesquise e se depare com a oferta de clientes, você já entrega a eles a sua proposta com o link direto para a compra.

 

Oferecer produtos complementares

Um produto complementar é aquele que ajuda a manter o consumo do outro. Oferecer algo que propicia a aquisição de um segundo (ou terceiro) é uma estratégia muito boa para o seu negócio. Mas você só vai saber o que é relevante para o seu público através da análise dos dados presentes no cadastro e as informações coletadas pelo contato com a clientela.

O cadastro é importante para você oferecer esses produtos e para saber, em primeiro lugar, se o cliente realmente estaria interessado neles.

Quer conhecer outra ferramenta ou solução de gestão além do cadastro de clientes? Então clique aqui e confira o que a SMB Store sabe sobre isso!

Como você organiza seu negócio?

A SMB STORE agora possuí um sistema de gestão e vendas totalmente online feito para lhe ajudar no dia a dia de seu negócio!