• Smb Store

O que é cultura organizacional? Qual sua importância para a empresa?



Afinal, o que é cultura organizacional?

Por que a cultura organizacional é importante para seu negócio?

Por que algumas organizações são bem-sucedidas e outras não?


A resposta para esta pergunta está em alguns fatores, mas principalmente, no tipo de cultura que a empresa tem.

Antes de tudo, saiba que ter resultados positivos em uma empresa passa pelo tipo de cultura que ela tem.

Esse assunto te interessa? Então, continue a leitura!

Neste post de hoje você vai ver o que é cultura organizacional e qual sua importância para a empresa, bem com outros fatores.


O que é uma cultura organizacional?


Uma cultura organizacional segundo Edgar Schein, é um conjunto de pressupostos básicos que um grupo inventou, desenvolveu e aprendeu a lidar com problemas de adaptação externa e integração interna, e que funciona bem, de modo que possa ser ensinado para novos membros.

Resumindo, é um conjunto de crenças, valores e hábitos que são praticados por uma empresa, ou melhor, pelas pessoas que nela trabalha. Em outras palavras, é o DNA da empresa e cada uma tem a sua.

Dessa forma, quando uma empresa admite um novo colaborador, essas crenças, valores e outros fatores devem ser comunicados ao novo integrante, de modo que ele saiba como agir e sobre o que é esperado dele.

Uma boa cultura organizacional pode motivar os colaboradores e parceiros a crescer juntos com o negócio. Por outro lado, uma cultura organizacional fraca pode trazer para a empresa problemas de produtividade, rotatividade, desgaste entre a equipe, ineficiências etc.


Qual a importância da cultura organizacional para a empresa?


William Joyce em seu estudo com 160 organizações pôde concluir que as mais bem-sucedidas empresas tinham uma cultura organizacional forte. E, isso era compartilhado com a equipe.

E o estudo mostrou ainda que um negócio de sucesso tem pessoas com objetivos e valores alinhados aos da empresa.

Uma cultura forte orienta as decisões e atitudes a serem tomadas pelas pessoas, preparando a empresa para ser lembrada de forma favorável e a ser bem-sucedida.

Uma cultura organizacional trabalha os valores e comportamentos das pessoas rumo a um desempenho satisfatório e um futuro promissor.

Outro ponto é que quando a empresa tem uma cultura forte, ela atrai talentos, além de manter os que já possui, e isso ajuda a criar uma organização acima da média.

Por isso e outros motivos, trabalhar e desenvolver uma cultura organização forte e sólida, é contribuir para a criação de resultados otimizados.


Missão, visão e valores e suas relações com a cultura


Quase todos nós já ouvimos falar em missão, valores e visão, o que poucos sabem, é que esses elementos são essenciais para uma cultura de uma organização.

Eles juntos vão ajudar a formar a identidade de uma empresa, além de impactar no tipo de atuação e resultados que a empresa alcança.

· Missão: a missão é a razão de ser da empresa; se resume na finalidade básica da empresa no seu mercado.

· Visão: esta diz respeito ao que a empresa quer ser no futuro, isto é, a longo prazo

· Valores: estes são as regras do “jogo”, deve-se aprender para continuar no jogo; ou seja, é tudo aquilo que a empresa acredita e que tenha ou exista na conduta das pessoas de modo que a mesma possa ser bem-sucedida.


E como é uma cultura organizacional forte?


Há algumas organizações que são diferentes de muitas, que tem resultados acima da média e quando elas são estudadas, elas têm características de uma cultura forte.

E uma cultura organizacional forte passa por esses pilares:


  • Riscos: os colaboradores são incentivados a assumirem riscos, o que é necessário para a empresa alcançar novos patamares.


  • Orientação para resultados: todos na empresa trabalham voltados para usarem as melhores técnicas e processos para gerar os melhores resultados.


  • Trabalho em equipe: as pessoas trabalham em equipe, somando esforços e se ajudando para criarem os melhores resultados.


  • Inovação: todos na empresa são orientados e estimulados a inovarem, o que traz para a empresa novos resultados.


  • Valores e crenças compartilhados: todos na empresa têm os melhores valores e crenças, de modo a encarar os desafios dos mercados e a explorarem as oportunidades, mesmo tendo riscos.