• Smb Store

8 dicas para criar um ambiente de trabalho motivador


Como criar um ambiente de trabalho motivador? Você já se perguntou sobre isso?

Motivação no ambiente de trabalho é hoje um elemento fundamental para qualquer organização ou empresa. Ainda mais em tempos de Pandemia, em que os níveis de ansiedade nas pessoas tendem a aumentar.

Segunda uma pesquisa da Revista Você S/A, para mais da metade de 136.000 funcionários que responderam uma pesquisa, eles disseram que um bom lugar para se trabalhar é onde eles sentem motivação pelo trabalho que realizam.

Por isso, neste post você vai ver 8 dicas para criar um ambiente de trabalho motivador.

Continue conosco!


Por que criar um ambiente de trabalho motivador?


Segundo Carvalho e Serafim, autores referências na área de Gestão de Pessoas e Recursos Humanos, é no ambiente de trabalho onde as pessoas passam mais tempo.

Para Stephen Robbins, referência mundial em comportamento organizacional, a motivação é a disponibilidade do trabalhador exercer altos níveis de esforços para alcançar objetivos em uma organização.

E por isso, é importante pensar e rever filosofias e práticas de liderança e gestão de pessoas, de modo a ter pessoas mais engajadas na busca pelos objetivos das empresas.

As pessoas ou colaboradores são os clientes internos de qualquer empresa, por isso, antes de buscar entregar valor e satisfazer os clientes externos (consumidores etc), é importante conhecer e buscar satisfazer os colaboradores em suas necessidades.

Isso porque colaboradores insatisfeitos ou desmotivados, tendem a levar isso para o relacionamento com os clientes, o que gera desgaste e baixo desempenho nos resultados da empresa.

Por isso, veja algumas dicas de como lidar com a motivação no ambiente de trabalho.



Dicas para criar um ambiente de trabalho motivador


1- Faça pesquisas de satisfação

Essas pesquisas precisam ser feitas, pois através delas a empresa fica sabendo da percepção dos colaboradores em relação a empresa e suas práticas.

E assim, a empresa pode providenciar estratégias para aprimorar processos, relacionamento com as lideranças e outros fatores motivacionais.

Mas a partir dessas pesquisas aplicadas, a empresa deve tomar providências a partir das evidências coletadas.


2- Identifique o nível de estresse

Conforme um estudo feito pela Agência Brasil, o estresse é considerado o terceiro maior motivo para afastamento do trabalho no Brasil.

Hoje, devido a conjuntura econômica, sanitária e política que o Brasil vem passando, ficou ainda mais fácil encontrar trabalhadores estressados dentro das empresas.

Desse modo, a empresa deve encaminhar o colaborador para um acompanhamento com o psicólogo ou outro profissional.

Além disso, a empresa deve tratar esses colaboradores de maneira diferenciada, além de elaborar políticas e ações internas para combater esses fatores e ter mais motivação.



3- Tenham líderes preparados

A crítica em relação ao relacionamento dos líderes com os colaboradores, é também um dos fatores de mais queixas nas empresas.

Sendo assim, a empresa deve preparar suas lideranças para conhecer melhor a equipe e ter com ela um bom relacionamento, de modo que seja pautado no respeito, boa comunicação, troca de ideias e empatia, principalmente.

O líder deve ser preparado para compreender e atender as necessidades básicas de seus colaboradores.


4- Condições de crescimento

Segundo a pirâmide do Psicólogo Maslow, nessa pirâmide onde ele explica as necessidades das pessoas, a necessidade de crescimento e autorrealização está no topo da Pirâmide.

Assim, a empresa na medida do possível, deve proporcionar condições para as pessoas desenvolverem e exercitar melhor seu potencial. Assim, como se desenvolverem na empresa como pessoa e profissional.

E, a empresa precisa estimular o próprio trabalhador a procurar se autoconhecer e a realizar atividades que ele possa crescer e se desenvolver.



5- Reconhecimento no trabalho